Get Adobe Flash player

Tag adicionada ao post ‘saúde’

Página 1 de 212

logo unimedUma boa notícia para o associado que deseja aderir ao Plano de Saúde Assufemg/UNIMEDBH – modalidade UNIPART/FLEX. O interessado pode aproveitar o mês de novembro para fazer a sua adesão, com vigência a partir de 1º de dezembro, sem qualquer tipo de carência.

.

Segundo a diretoria de Assistência e Convênios da Assufemg, os sócios que desejam migrar de outro plano para o UNIPART/FLEX, devem solicitar a exclusão do plano atual, conforme as regras do plano vigente.

.

O interessado tem até 18/11 para aderir ao plano com o pagamento através de débito em conta, previsto para o dia 02/12. Do dia 21/11 até o dia 30/11, o pagamento deverá ser feito na própria Assufemg, através de dinheiro ou cheque. A utilização do plano é a partir do dia 01/12.

.

Para realizar a adesão é necessário o comparecimento a Assufemg, com cópias do contracheque e comprovante de residência do associado, RG e CPF de todos os interessados no plano. No caso de cônjuge, apresentar também a certidão de casamento ou declaração de relação estável.

.

De acordo com a Assufemg, a primeira mensalidade será debitada no dia do pagamento, previsto para o início de dezembro. Na cobrança, que varia de acordo com a idade de cada usuário, é somada a taxa de adesão, no valor de 10 reais por pessoa.

.

A Diretoria de Assistência e Convênios ressalta que valores cobrados pela Assufemg, diferente de outros planos de saúde, correspondem ao custo integral das mensalidades dos respectivos planos.

.

Vale salientar que Governo Federal instituiu um auxílio à saúde, através da Portaria 03/2009, que contempla todos os servidores federais que pagam um plano de saúde suplementar. No caso dos associados que aderirem ao plano da Unimed, através da Assufemg, o auxílio saúde será demonstrado no contracheque e creditado na conta do usuário do plano mensal e integralmente, variando de acordo com a idade e o salário de cada servidor, conforme tabela.

.

Mais informações podem ser obtidas nos telefones 3439-8126, 3439-8122, 3439-8103 e 3439-8116, ou em nosso Posto Médico, de 9h às 18h.

manter-o-plano-de-saude-ou-naoA diretoria de Assistência e Convênios da Assufemg informa aos usuários da Unimed BH que seguindo a determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), através resolução nº 06/1998 do Conselho de Saúde Suplementar (CONSU), a entidade está processando uma adequação de faixa etária no mês de outubro de 2016, para todos os usuários que possuem o plano de saúde mencionado.

.

A prática é em decorrência de correções de possíveis distorções provocadas pelo avanço natural da idade do usuário. Como eventualmente este dado não foi acompanhado pelo valor da mensalidade, isso gerou uma incompatibilidade.

.

O valor da mensalidade de qualquer plano de saúde é determinado pela idade de cada usuário e com isso, a Assufemg ressalta que a adequação em pauta não se trata de reajuste anual, conforme IGPM acumulado nos últimos 12 meses, que acontece na data base do contrato.

.

No dia 1º de junho de todo ano, serão reajustadas as mensalidades das modalidades Unimax, Unimaster e Convencional. Os usuários pertencentes à modalidade Unipart/Flex, terão as mensalidades corrigidas em todo dia 1º de novembro.

.

Conforme determinação da ANS, existem diversos parâmetros para aumentar as mensalidades dos planos de saúde do usuário. Um exemplo é aumento de preço por mudança de faixa etária. Isso acontece porque, em geral e por questões naturais, quanto maior a idade, maior a frequência junto ao médico e maior os cuidados com a saúde.

.

A Associação ainda esclarece que a grade de faixa etária varia de acordo com a data da contratação do plano junto à operadora de saúde. No caso do contrato coletivo por adesão assinado entre Assufemg e Unimed, no dia 15/10/1999, estão determinadas sete faixas etárias, sendo a última acima de 70 anos. Nesse caso, a possível adequação de faixa etária será analisada individualmente.

.

Por outro lado, nos contratos vigentes junto à UNIMEDBH, modalidades CONVENCIONAL, UNIMAX e UNIMASTER, a adequação na faixa etária de 59 para 60 anos é devida e prevista pela ANS, através da Resolução nº 06/1998 do CONSU.

.

Quanto à tabela que está no link abaixo para você baixar, é importante  ressaltar que os valores citados correspondem ao custo integral das mensalidades dos respectivos planos. Conforme já informado, o governo federal instituiu um auxílio à saúde, através da Portaria 03/2009, que contempla todos os servidores federais que pagam um plano de saúde suplementar. No caso dos associados que aderiram ao plano da Unimed, através da Assufemg, este auxílio saúde é demonstrado no contracheque e creditado na conta do usuário do plano integralmente, variando de acordo com a idade e o salário de cada servidor, de acordo com tabela determinada pelo governo federal.

.

>> Baixe aqui a nova tabela de preços da UNIMEDBH.

Quaisquer dúvidas serão sanadas no Setor de Assistência da Assufemg, Campus Pampulha. O associado pode comparecer portando RG, CPF e cartão da UNIMEDBH ou pelos telefones 3439-8126, 3439-8122 e 3439-8103.

Alana Gandra – Repórter da Agência Brasil Edição: Graça Adjuto
Frio

Inverno pode trazer complicações para a saúde visual das pessoas

O inverno começou no último domingo (21) em todo o país, com a ocorrência de dias mais frios e a utilização de agasalhos por boa parte da população. A estação pode trazer risco de complicações para a saúde visual das pessoas, alertou o presidente da Comissão de Projetos Especiais da Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO), Marcus Safady, em entrevista à Agência Brasil. Leia o restante desta notícia...

Brasília, 30/8/2012 – Orçamento para 2013 prevê mais recursos para áreas prioritárias. Salário mínimo subirá para R$ 670,95 Leia o restante desta notícia...

Roberta Lopes
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Ministério da Saúde liberou hoje (6) pouco mais de R$ 100 milhões para  a reestruturação dos hospitais universitário federais. Quarenta e cinco instituições serão beneficiadas com os recursos. Leia o restante desta notícia...

Camila Maciel
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – Apesar de terem crescido nos últimos dez anos, os investimentos públicos nas áreas de saúde, infraestrutura e educação no país, ainda estão longe de alcançar os padrões internacionais, segundo levantamento apresentado hoje (15) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sobre o ano de 2010. Leia o restante desta notícia...

Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (11) que investir em creche é a chance que o país tem de enfrentar “na raiz” o problema da desigualdade entre ricos e pobres. Ela anuncia na segunda-feira (14), em cerimônia no Palácio do Planalto, ações nas áreas de saúde e educação, como vagas em creches, além da ampliação do Programa Bolsa Família Leia o restante desta notícia...

Página 1 de 212
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários