Get Adobe Flash player

Tag adicionada ao post ‘doença’

Christina Machado
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os benefícios da aposentadoria por invalidez permanente do servidor que ingressou no serviço público antes de 31 de dezembro de 2003 serão calculados com base na remuneração do cargo efetivo e não mais com base na média das remunerações mais altas. Leia o restante desta notícia...


É  uma doença crônica, causada por uma série de fatores, representa um problema caracterizado por um excessivo acúmulo de gordura nos tecidos,  se trata de um distúrbio que além dos problemas de natureza estética e psicológica, constitui um importante risco para a saúde, e quando não corrigido, danifica o coração e as artérias, o fígado e as articulações e o sistema endócrino.

Uma pessoa pode ser definida obesa quando o seu peso corpóreo supera a 20% do seu peso ideal.

A estabilidade do peso corpóreo nos indivíduos normais é garantida pelo equilíbrio entre a quantidade de Leia o restante desta notícia...

Diabetes é uma doença onde ocorre o aumento na quantidade de açúcar (glicose) no sangue. É uma das doenças crônicas mais freqüentes, atingindo mais de 7% da população brasileira. A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas, tendo a função de transportar para dentro das células a glicose sanguínea proveniente dos alimentos. Esta glicose no interior das células serão convertidas em energia, sendo essenciais para a manutenção da vida. A diabetes se desenvolve quando o corpo não fabrica insulina suficiente ou não pode usá-la apropriadamente. A conseqüencia disto é o aumento da glicose (açúcar) no sangue. Com o tempo, os níveis altos de açúcar no sangue podem causar problemas sérios à saúde.

Classificamos o diabetes em dois tipos: diabetes tipo 1 (dependente de insulina) e diabetes tipo 2 (não dependente de insulina).

  • Nos diabéticos tipo 1 o que ocorre é uma destruição das células produtoras de insulina no pâncreas. Este tipo de diabetes é mais raro, representando aproximadamente 10% dos casos, sendo o acometimento com mais freqüência em jovens. Nestes casos, a falta da produção de insulina é que leva ao conseqüente aumento da glicose (açúcar) no sangue. Não se sabe até hoje o que provoca o diabetes tipo 1, porém sabe-se que esta doença nunca Leia o restante desta notícia...
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários