Get Adobe Flash player

.

A semana foi aberta com chave de ouro no Novembro Negro da UFMG. Nesta segunda-feira, a Praça de Serviços foi palco da Oficina de Tambor e Pandombe, ministrada por Santonne Lobato. A atividade faz parte do III Festival de Cultura e Arte Negra Assufemg 2018, que integra o cronograma do evento realizado em parceria com a universidade.

.

O músico é integrante do Grupo Tambolelê e trabalhou com os participantes ritmos afro-brasileiros como Moçambique, Congo, Congo-quebrado, Serra Abaixo, Marcha-Grave, Boi de Reis, Zé Pereira, Cacuriá, Batuque e Lundu.

.

“Foi uma ótima experiência. Esse conhecimento foi um grande aprendizado pra mim e que pretendo levar para minha classe”, relatou Frederico Pedrosa, professor da Faculdade de Música da UFMG, que participou da oficina. “Pretendo participar até o fim deste festival, é um grande incentivo”, completou.

.

A princípio a atividade estava marcada para o gramado da escola de Música, mas devido ao mau tempo foi transferida para a Praça de Serviços. “O Festival está crescendo cada vez mais. E isso é muito importante para uma ampla conscientização”, avaliou Santonne.

.

O álbum completo de fotos, você confere em nossa página no Facebook.

.

.

———

O Novembro Negro UFMG é é uma realização da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), em parceria com a Pró-reitoria de Extensão (Proex), a Diretoria de Ação Cultural (DAC) e a Assufemg, e acontece de 05 a 23 de novembro.

.

Todos os detalhes e eventos você confere no site da PRAE: https://www.ufmg.br/prae/

.

Começa nesta quinta-feira o Novembro Negro UFMG. “Ayabás e suas histórias” traz, no dia 01 de novembro, às 19h30, no Museu das Minas e Metais, Chica Reis, Madu Costa e Magna Oliveira, três mulheres negras na roda ancestral, que contam, cantam e encantam histórias da cultura africana. Corpos negros cheios de histórias que revelam no gesto, na veste e na fala seus lugares, o lugar do povo negro contando nossas histórias.

.

Chica Reis é atriz e contadora de histórias, graduada em Artes Cênicas pela UFMG. É pesquisadora do samba de roda do Recôncavo Baiano, toques, cantos e dança. Atualmente, é Instrutora de Serviços Sociais/Teatro no Sesc Venda Nova. Atua também na produção do Ayo Encontro Negro de Contação de Histórias (2018) e como multiplicadora do Teatro do Oprimido.

.

Já Magna Oliveira é funcionária pública federal da UFMG, contadora de histórias, coordenadora do projeto de extensão na UFMG (Proex/UFMG), intitulado “Iranti – Ser Africa” e diretora de Comunicação da Assufemg.

.

Madu Costa, por sua vez, é pedagoga, escritora, arte-educadora, contadora de histórias, assessora pedagógica, assessora artística e palestrante motivacional. Desenvolve oficinas lúdicas para entrosamento de equipes de trabalho em diversas áreas, contação de histórias em escolas, elaboração de história de empresas a partir de pesquisa documental e roda de conversa para mediação de conflitos em ambientes de trabalho.

.

Entrada gratuita. Vagas limitadas.

.

O Museu das Minas e Metais fica Praça da Liberdade, s/nº, Prédio Rosa, Belo Horizonte.

.

Ônibus para acessar ao local:

.

2101, 2103, 2104, 2152, 4032, 4034, 4106, 4111, 5031, 5101, 5102, 5106, 8001A, 8102, 8106, 8107, 8108, 9103, 9105, 9106, SC02B, SE01, ST01

.

———

O Novembro Negro UFMG é é uma realização da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), em parceria com a Pró-reitoria de Extensão (Proex), a Diretoria de Ação Cultural (DAC) e a Assufemg, e acontece de 05 a 23 de novembro.

.

Todos os detalhes e eventos você confere no site da PRAE: https://www.ufmg.br/prae/

.

Está disponível a lista de selecionados para o sorteio das vagas à XXX Feira de Artesanato da Assufemg.

.

Você confere a relação clicando aqui.

.

A Feira de Artesanato da Assufemg acontece de 05 a 09 de novembro, na Praça de Serviços da UFMG.

.

Para conhecer o regulamento da Feira, acesse aqui.

.

#AssufemgViva!

.

A Estação Ecológica foi mais uma vez palco da Corrida e Caminhada das comemorações da Semana do Servidor UFMG.

.

Na edição deste ano, centenas de participantes trocaram os escritórios, salas e gabinetes para colocar o fôlego e a saúde em dia. A atividade aconteceu na manhã desta terça-feira e contou com uma preparação prévia, onde os competidores realizaram um aquecimento para a realização das provas.

.

A Assufemg apoiou o evento, sendo responsável pela premiação da corrida masculina e feminina.

.

.

.

Uma série de atos está sendo realizada durante esta semana na UFMG em favor dos interesses da Universidade Pública, Gratuita, de Qualidade e Socialmente Referenciada. O movimento é liderado pelo SINDIFES, APUBH e DCE/UFMG.

.

A decisão de realizar a manifestação foi tomada após assembleia no último dia 17/10, que discutiu os perigos da perda da autonomia universitária, da falta de financiamento, das possíveis intervenções e sanções que poderão ser impostas com o distanciamento do país de um regime democrático e aproximação de um regime fascista.

.

Também foi aprovada um manifesto de apoio dos três segmentos a essa candidatura, com a possibilidade da assinatura dos diversos atores políticos do comunidade universitária e sua publicação em jornais de grande circulação.

.

Para os dias 24, 25 e 26 há um indicativo de paralisação visando mobilização em toda a UFMG em defesa da Universidade Pública, da Democracia e Contra o Fascismo.

.

Veja a programação

.

23/10 – terça-feira – 11h – Panfletagem no Bandejão do Campus Pampulha

.

24, 25 e 26/10 – Paralisação das atividades para mobilização, atos e ações em Defesa da Universidade Pública, da Democracia e Contra o Fascismo

.

26/10 – sexta-feira – Caminhada na UFMG, pelo Campus Pampulha, com Ato simbólico na portaria da Antônio Carlos, sem fechamento do trânsito

.

As inscrições para as oficinas do III Festival de Cultura e Arte Negra Assufemg 2018 seguem acontecendo. São três opções de atividades que integram o quadro de eventos do Novembro Negro UFMG: Oficinas de Tambor e Pamdombe; Dança Black Soul e Boneca Aboyomi.

.

As atividades são gratuitas e podem ser realizadas através do link: http://www.assufemg.org.br/2018/10/novembro-negro-ufmg-inscricoes-as-oficinas-iii-festival-de-cultura-e-arte-negra-assufemg-2018/

.

Mas é preciso correr contra o tempo. As vagas são limitadas.

.

———

O Novembro Negro UFMG é é uma realização da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), em parceria com a Pró-reitoria de Extensão (Proex), a Diretoria de Ação Cultural (DAC) e a Assufemg, e acontece de 05 a 23 de novembro.

.

Todos os detalhes e eventos você confere no site da PRAE: https://www.ufmg.br/prae/

A Assufemg promoveu, terça-feira, 16/10, um bate-papo sobre o câncer de mama. Com tema, Outubro Rosa: Quebrando Tabus, os participantes puderam conversar com a ginecologista Cristina Bassetti sobre a doença e seus paradigmas na sociedade.

.

Você vê um pouco do que foi o evento aqui:

.

.

.

#AssufemgViva!

Página 4 de 29412345678910...203040...Última »
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários