Get Adobe Flash player

.

A comunidade acadêmica tem até 31 de agosto para encaminhar sugestões à Comissão de Sistematização referentes ao novo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFMG, relativo ao período 2018-2023.

.

O documento final será entregue pela Comissão no dia 28 de setembro, e o PDI será submetido à aprovação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e do Conselho Universitário em outubro deste ano. A comissão encarregada de formular o documento contará com membros da Diretoria de Avaliação Institucional (DAI), da Comissão Própria de Avaliação (CPA) e de representantes da comunidade designados pelas câmaras do Cepe (ensino, pesquisa e extensão) dos três segmentos da comunidade universitária (professores, servidores técnico-administrativos e discentes).

.

O Plano de Desenvolvimento Institucional é dimensão obrigatória de avaliação das universidades, segundo determina a legislação que regulamenta o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O documento, segundo consta no próximo PDI, deve “possibilitar o alinhamento de planejamento e avaliação, sinalizando a direção a ser seguida e registrando o caminho percorrido pela instituição”. Ainda de acordo com a proposta, a construção do documento deve ser feita de forma autônoma e crítica, com atenção às referências legais e normativas, e seu texto “deve ser conciso e claro, de modo a permitir, tanto à própria UFMG como ao MEC, identificar e monitorar o cumprimento dos objetivos institucionais estabelecidos”.

.

Participação

.

Encontram-se previstas três formas para a participação dos membros da Comunidade Universitária no processo de elaboração do PDI 2018-2023:

.

1. Contribuições individuais. Cada membro da Comunidade Universitária é convidado a fazer a leitura dos documentos preliminares, podendo enviar sua opinião, crítica ou sugestão para o e-mail: pdi2018-2023@ufmg.br.

.

2. Discussão nas Unidades Acadêmicas. Cada Unidade deverá encaminhar uma discussão interna sobre o PDI da UFMG, de forma a contribuir com a presença de sua perspectiva na formulação do documento final. É recomendável que a estrutura formal pela qual se organiza a UFMG, incluindo cursos, departamentos, Congregações, seja mobilizada na discussão. Espera-se assim garantir que o PDI venha a contemplar toda a diversidade de áreas abrigadas na UFMG.

.

3. Audiências Públicas. Nessas audiências, a Comissão de Sistematização do PDI, indicada pelo CEPE, irá debater com a comunidade as bases conceituais subjacentes ao texto e acolher as sugestões da comunidade. Espera-se, nessas audiências, a coleta de subsídios inclusive para a seleção de um conjunto coerente de ações a serem indicadas como prioritárias para os próximos cinco anos. Após o recebimento de contribuições por esses três canais, a Comissão de Sistematização irá preparar o texto final do PDI, a ser encaminhado para discussão no CEPE e no Conselho Universitário.

.

Comissão

.

Conheça os integrantes da Comissão responsável em sistematizar o processo de elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional da UFMG 2018-2023, conforme Portaria nº119, clicando aqui.

.

Audiências públicas

.

Estão previstas três audiências públicas, a serem realizadas no Campus Pampulha, no Campus Saúde e no Campus Montes Claros:

.

• 22/08 (manhã): Campus Pampulha
• 22/08 (tarde): Campus Saúde
• 29/08: Campus Montes Claros

.

Nessas audiências será feita a apresentação da proposta preliminar do PDI pela Comissão de Sistematização, seguida da abertura de debate com os membros da comunidade. Espera-se especialmente a participação de pessoas que possam relatar os debates realizados no âmbito das Unidades ou no âmbito de grupos diversos que tenham se engajado na discussão.

.

A UFMG estimula uma ampla participação da comunidade nessas audiências, tendo em vista que esses serão momentos privilegiados para o debate e a síntese das ideias que se espera sejam representativas do conjunto da instituição.

.

Mais informações podem ser conferidas no site: https://www.ufmg.br/pdi/2018-2023 ou pelo e-mail: pdi2018-2023@ufmg.br

.

Dia 03 de agosto, você terá compromisso no melhor Arraiá da região! É o XIV Arraiá da Assufemg – Festa Agostina 2018.

.

Muitas atrações! Quadrilha, casamento na roça, comidas típicas, e shows com Quincas da Viola & Trio Trem de Minas, Tau Brasil & Banda e contação de causos com Emerson Bastos!

.

A festa começa a partir de 19h, no Espaço Cultural da Assufemg (atrás da Escola de Belas Artes).

.

Entrada franca!

.

Informações: 3439-8110.

.

#AssufemgViva!

.

De acordo com as novas regras da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o beneficiário que possuir plano de saúde empresarial ou coletivo por adesão poderá ter gastos extras quando for renegociar o contrato.

.

Na última semana, a ANS publicou uma resolução que regulamenta as normas para planos com coparticipação ou franquia. As regras começam a valer em 27 de dezembro. Os planos individuais ou familiares controlados pela agência, ou convênio com cobertura completa, não sofrerão mudanças.

.

Já os planos de coparticipação ou franquia terão que seguir a nova regra. Nele, o paciente paga uma parte de consultas e exames que, com a nova determinação, pode chegar a até 40% do valor dos atendimentos. A franquia é o valor estabelecido no contrato do plano de saúde até o qual a operadora não tem responsabilidade de cobertura, parecido com seguro de um carro.

.

As duas modalidades já eram previstas na lei do setor, porém não havia um limite máximo de cobrança determinado. A ANS orientava apenas as operadoras a não cobraram mais de 30%. Desta forma, as empresas agora poderão ampliar este limite.

.

O valor máximo a ser pago na coparticipação e franquia não pode ultrapassar à própria mensalidade ou a 12 mensalidades no ano (limite anual).

.

De acordo com a Abramge (associação dos planos de saúde) informou que as operadoras estudam novos produtos e sistemas para atender às novas regras.

.

(Com Folha de SP)

.

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, anunciou nesta quinta-feira criação do primeiro Hospital Público Veterinário do Estado. No local funcionará, a princípio, nos mesmos moldes de uma  Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) para cães e gatos, realizando consultas e procedimentos ambulatoriais.

.

O hospital será instalado no prédio do antigo centro de saúde Vila Imperial, do bairro Madre Gertrudes, na região Oeste da capital. Abandonado desde 2009, o prédio será ofertado e restaurado pela Prefeitura de Belo Horizonte. Uma emenda parlamentar federal de R$ 500 mil arcará com os custos para equipar o hospital. A gestão técnica e administrativa ficará a cargo de uma associação de veterinários e um convênio com universidades privadas da capital fornecerá mão de obra e insumos para os atendimentos.

.

No hospital serão feitas consultas, exames de patologia clínica e de imagem, procedimentos ambulatoriais como pequenas fraturas e contenção de talas, e outros que podem partir de parcerias com instituições.

.

Os atendimentos serão feitos gratuitamente por meio de cadastro e distribuição de senhas. Será feita uma triagem para verificar as condições sociais e econômicas dos responsáveis pelos animais, uma vez que o atendimento é restrito a pessoas de baixa renda.

.

Inicialmente, não estão previstos atendimentos de castração no local. O hospital receberá casos do tipo, fará os exames que estiverem disponíveis na unidade e contribuirá na busca por parcerias na realização dos procedimentos.

 

 

.

De 09 a 17 de julho, a Assufemg abrirá inscrições de barraquinhas no XIV Arraiá da Assufemg – Festa Agostina 2018.

.

O evento será realizado no dia 03 de agosto, a partir das 19h, no Espaço Cultural da Assufemg.

.

As vagas são limitadas e são abertas a sócios e a não sócios. As barraquinhas serão de comidas e bebidas.

.

Todas as informações podem ser conferidas através do telefone 3439-8110, ou diretamente na secretaria da Assufemg, no Campus Pampulha da UFMG.

.

#AssufemgViva!

.

Os Técnico-Administrativos em Educação do Hospital das Clínicas da UFMG, em Assembleia Geral realizada nessa terça-feira, 03/07, deliberaram que o SINDIFES deve orientar à Categoria a NÃO PARTICIPAR do processo eleitoral para a Diretoria/Superintendência do HC, que começou nesta quarta e vai até amanhã, quinta-feira, 05/07.

.

A decisão Categoria de não participar no processo eleitoral foi unânime é considerada uma resposta à atual gestão do HC e aos candidatos que se apresentaram, que, segundo o sindicato, tem feito “vista grossa aos graves problemas e conflitos no hospital, não tomando quaisquer atitudes no sentido de humanizar também as relações de trabalho no âmbito da instituição”.

.

Em nota, o SINDIFES diz que “pelo resgate da participação efetiva, envolvimento, respeito, construção coletiva e compromisso institucional convocamos os trabalhadores do RJU do Hospital das Clínicas a protestarem firmemente e NÃO VOTAREM para a ‘nova’ gestão do HC”.

 

.

A PH Óptica está de cara nova! Agora é Baratão dos Óculos e com endereço novo. Só que a qualidade em atendimento e produtos é a mesma que você conhece.

.

O Baratão dos Óculos oferece ao associado da Assufemg condições exclusivas de pagamento. Anote o novo endereço: Rua Padre Pedro Pinto, 397, loja 1, Venda Nova – BH.

.

Entre em contato: (31) 3441-2006 | (31) 98656-1313

.

Mais convênios, acesse a aba “CONVÊNIOS” em nosso site.

.
Se ainda não é sócio, associe-se!
.

#AssufemgViva!

Página 4 de 28612345678910...203040...Última »
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários