Get Adobe Flash player

 

 

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) aprovou, por meio da Resolução 13/2019, o calendário escolar da UFMG para 2020. O documento estabelece as principais datas da rotina acadêmica da Universidade.

O primeiro período começa em 2 de março e termina em 4 de julho. O segundo período inicia-se em 3 de agosto e se encerra em 4 de dezembro. Entre outras datas da agenda acadêmica da UFMG, destacam-se os festivais de Verão (3 a 6 de fevereiro), de Inverno (13 a 21 de julho), Mostra Sua UFMG (30 de maio) e Semana do Conhecimento (19 a 23 de outubro).

Suspensão de atividades acadêmicas
O calendário prevê suspensão de atividades acadêmicas em datas de eventos especiais, como a própria Mostra Sua UFMG. As aulas nos cursos noturnos de graduação serão suspensas nos dias 24 março, 29 de abril, 29 de maio, 17 de junho, 26 de agosto, 18 de setembro, 1 de outubro e 10 de novembro por conta da realização de atividades acadêmicas complementares.

Também de acordo com o documento que oficializa o calendário de 2020, não haverá atividades de avaliação e trabalhos de campo nos dias 5 e 6 de outubro, datas destinadas à seleção de trabalhos nas unidades acadêmicas para posterior apresentação na Semana do Conhecimento da UFMG. Nesses dias, no entanto, as aulas não serão suspensas. A mesma determinação vale para o período de 21 a 23 de outubro, quando haverá apresentação de trabalhos na Semana do Conhecimento.

 

 

 

 

Para maiores informações, entre em contato através do telefone: 3439-8110 e garanta a sua!

 

 

Hoje, a partir das 14 horas, a Escola de Enfermagem promoverá uma mesa-redonda para discutir o ambiente e o modelo alimentar vigente e as características dos alimentos ultraprocessados. O evento, gratuito e aberto ao público, ocorrerá no auditório Lais Netto.

A atividade será moderada pela professora Milene Cristine Pessoa, do Departamento de Nutrição da Escola de Enfermagem, e contará com a participação da jornalista Desirée Rodrigues Ruas, uma das criadoras do movimento BH e do Núcleo da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável em Minas Gerais, das nutricionistas e professoras, Larissa Loures Mendes e Paula Martins Horta, do jornalista João Peres, um dos criadores do site O Joio e O Trigo, especializado em investigações sobre alimentação, e do assistente social, Leonardo Koury Martins, membro do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais (Consea-MG).

O joio no rótulo
Ainda no campus Saúde, de 18 a 21 de novembro, a exposição fotográfica O Joio no Rótulo revelará as letras miúdas ou escondidas, os ingredientes misteriosos, as tabelas de informação nutricional confusas, elementos que compõem as embalagens de alimentos ultraprocessados.

No evento, será revelada a quantidade de açúcar em vários alimentos e informações sobre alguns produtos mais vendidos no país que não estão suficientemente claras no rótulo. “As fotos de alta qualidade expõem o que um produto realmente é, sem o marketing que o envolve. A Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Organização Panamericana de Saúde (OPAS) reconhecem o rótulo como uma ferramenta útil para orientar os consumidores nas melhores escolhas alimentares e, consequentemente, contribuir para conter o crescimento de doenças relacionadas à alimentação não saudável”, explica a professora Milene Pessoa.

A exposição é organizada pelo projeto de jornalismo O Joio e o Trigo, que investiga exclusivamente a alimentação e suas implicações políticas, em parceria com o Departamento de Nutrição da Escola de Enfermagem.

 

 

 

Ao longo do mês, a Praça de Serviços do campus Pampulha receberá seis apresentações de música e dança por meio do Circuito Cultural UFMG, projeto realizado pela Diretoria de Ação Cultural da UFMG (DAC). Duas delas são voltadas especialmente para apreciação da arte de autoria negra, e fazem parte da programação cultural do Novembro Negro UFMG, em conjunto com a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE). Todas as atrações são gratuitas e abertas ao público externo.

A abertura da programação cultural do Novembro Negro será na terça-feira (12), às 12h30, com o show ‘Dois Lados’, do cantor e compositor Gui Ventura. O músico, que atualmente cursa Letras na UFMG, se apresenta acompanhado de Rafael Dejero (baixo), Hugo Bizzoto (teclado ) e Edgar Siqueira (bateria). No repertório, estão canções do seu primeiro disco, o álbum ‘Dois Lados’, além de músicas inéditas que passeiam entre a MPB e a world music.

A parceria com o evento se estende no dia 20, às 12h30, com o espetáculo de dança ‘Corpo negro em cena’, da bailarina Júnia Bertolino. A atração do Quarta Doze e Trinta busca retratar os incômodos, as verdades, tristezas e alegrias que atravessam o corpo negro. Segundo a artista, que também é antropóloga e arte educadora, a montagem foi feita a partir de pesquisas sobre as corporeidades afro brasileiras e africanas presentes na literatura, no teatro, na música, e na dança.

Confira a agenda completa do Circuito Cultural UFMG no campus Pampulha:

12/11, às 12h30
Show ‘Dois Lados’ – Novembro Negro UFMG
Gui Ventura
Local: Praça de Serviços

13/11, às 12h30
Concerto da Boa Banda – Quarta Doze e Trinta
Local: Praça de Serviços

20/11, às 12h30
Espetáculo de dança ‘Corpo negro em cena’ – Quarta Doze e Trinta e Novembro Negro UFMG
Júnia Bertolino
Local: Praça de Serviços

21/11, às 17h30
Espetáculo do Núcleo de Formação em Dança do SESC – Ao Cair da Tarde
Local: Praça de Serviços

26/11, às 12h30
Concerto da Geraes Big Band
Local: Praça de Serviços

27/11, às 12h30
Apresentação da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFMG – Quarta Doze e Trinta
Local: Praça de Serviços

28/11, às 17h30
Show do Grupo de Percussão da Escola de Música da UFMG – Ao Cair da Tarde
Local: Praça de Serviços

 

 

Já está no ar a Edição 1271 do Jornal Pinga Fogo. Acesse clicando aqui.

Página 4 de 32712345678910...203040...Última »
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários