Get Adobe Flash player
Um total de 50.874 pessoas compõe o contingente apto a participar da consulta à comunidade que subsidiará a elaboração da lista tríplice que será encaminhada ao Presidente da República para designação do novo Reitorado da UFMG. São 3.066 docentes, 4.159 servidores técnico-administrativos e 43.649 discentes, entre estudantes de graduação, de pós-graduação, de residência médica e aqueles vinculados à Escola de Ensino Básico e Profissional (Ebap), com mais de 16 anos.
Apenas 51 dos 853 municípios mineiros têm um eleitorado maior do que o da UFMG, de acordo com a última atualização divulgada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), em 2020.
A votação será realizada nesta quinta-feira, 11 de novembro, e, pela primeira vez, ocorrerá de forma remota pelo sistema de consultas da UFMG (assista ao vídeo da TV UFMG que explica como votar). Conforme o regulamento da consulta, os votos serão apurados de acordo com a seguinte ponderação: 70% para docentes, 15% para discentes e 15% para técnico-administrativos.
Voto seguro
O voto, secreto, não poderá ser exercido por correspondência, por procuração, em separado ou por qualquer outra modalidade alheia ao sistema de consultas, que tem garantias de criptografia para impedir a interceptação do voto via internet, a quebra do seu sigilo ou sua alteração por terceiros. A votação ocorrerá das 8h às 20h.
A chapa UFMG Plural é a única inscrita no processo. A atual reitora, Sandra Regina Goulart Almeida, e o atual vice-reitor, Alessandro Fernandes Moreira, tentam novo mandato.
Sandra é graduada em Letras pela UFMG, tem mestrado e doutorado pela Universidade da Carolina do Norte e pós-doutorado em Literatura Comparada pela Universidade Columbia, em Nova York. Professora da área de Estudos Literários da Faculdade de Letras, preside a Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM) e é vice-presidente da World University Network (WUN). Foi vice-reitora na gestão 2014-2018 e diretora de Relações Internacionais.
Alessandro é graduado e mestre em Engenharia Elétrica pela UFMG, doutor pela University of Wisconsin-Madison e tem extensa trajetória na Escola de Engenharia da UFMG, onde foi coordenador do curso de Engenharia Elétrica, do Conselho de Coordenadores de Cursos de Graduação, vice-diretor e diretor.
Mais informações sobre o processo eleitoral estão disponíveis no site da consulta. Propostas da chapa UFMG Plural podem ser consultadas na página oficial da campanha: https://www.ufmg.br/ufmgplural/ .No dia da votação, dúvidas poderão ser esclarecidas pelo telefone 3409-6499 ou pelo e-mail consultas-suporte@cac.ufmg.br.
Fonte: ufmg.br
Neste ano, a Semana do Servidor UFMG, que será realizada de 8 a 13 de novembro, traz como tema para reflexão Avanços e retrocessos na legislação do servidor público federal – desafios e possibilidades. Serão realizadas três mesas de debates, com a participação de juristas, para esclarecer os impactos das recentes mudanças legislativas nos processos de trabalho das instituições federais, na carreira e aposentadoria dos servidores.
“A Semana do Servidor é o momento para dialogarmos e explicitarmos, com a ajuda de especialistas, os aspectos agravantes e facilitadores suscitados pelas recentes mudanças, especialmente pela PEC 32/2020, que trata da reforma administrativa”, afirma a pró-reitora adjunta de Recursos Humanos, Leônor Gonçalves. O objetivo, acrescenta ela, é que as pessoas “compreendam o que está proposto, além dos desafios e possibilidades para os servidores e o setor público”.
Assim como as mesas de debates, as demais atividades, como as oficinas para desenvolvimento na carreira, atividades lúdicas, ginástica, pilates, ergonomia e apresentações culturais, ocorrerão no formato virtual. A transmissão será pelo canal da Coordenadoria de Assuntos Comunitários (CAC) no YouTube.
Os tradicionais campeonatos de futsal, a corrida e a caminhada, e os mais recentes torneios de tênis e de peteca permanecem na programação, mas com número reduzido de participantes, para cumprimento dos cuidados sanitários necessários por causa da pandemia.
O concurso de fotografia, pintura e poesia possibilitará aos servidores expressar seus sentimentos sobre os quase dois anos de reclusão. A mostra dos trabalhos será aberta na segunda-feira, dia 8, e o resultado do concurso será divulgado na sexta-feira, dia 12, às 16h30.
Uma novidade desta edição, informa Leônor Gonçalves, é o lançamento do site da Semana do Servidor. Segundo ela, a página funcionará como um “memorial das atividades realizadas desde 2011, que ficará disponível para a comunidade como forma de valorizar o evento”.
Formação, esporte e cultura
A programação, que inclui atividades nos três turnos, será aberta na segunda-feira, 8, das 9h às 10h. Na parte da tarde e à noite haverá oficinas sobre comunicação não violenta, saúde mental, iogaterapia e pilates.
As três mesas-redondas que tratarão da temática central da Semana serão realizadas a partir do dia 9. Na terça, das 9h às 12h, o tema são os Avanços e retrocessos na legislação previdenciária/aposentadoria do servidor público federal: desafios e possibilidades. Na quarta-feira, das 9h às 12h, os servidores refletirão sobre Avanços e retrocessos da Reforma Administrativa – PEC 32/2020. E a terceira mesa será na quinta-feira, 11, das 14h às 17h, para tratar da Previdência complementar dos servidores públicos federais, mediante as modificações da legislação, quem deve ou não aderir.
A apresentação Encontro de violas estreia na programação do Circuito Cultural UFMG, promovido pela Diretoria de Ação Cultural (DAC), uma das apoiadoras da Semana. A primeira edição reunirá Quincas da Viola, Wilson Dias e Gustavo Guimarães, com participação especial de Dito Rodrigues. O show será transmitido simultaneamente nos canais da CAC e da DAC na plataforma YouTube.
Acompanhe a programação no site do evento: https://www.ufmg.br/semanadoservidor/programacao/
Fonte: ufmg.br
Mês mundial de combate ao câncer de próstata
O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca). A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce.
A consulta à comunidade acadêmica que subsidiará a escolha para os cargos de reitor e vice-reitor da UFMG para o quadriênio 2022-2026 ocorrerá no dia 11 de novembro. A cada quatro anos, estudantes, docentes e servidores técnico-administrativos participam do processo, que neste ano será realizado por voto eletrônico, no Sistema de Consultas da UFMG. Antes disso, nesta quarta-feira, 3 de novembro, das 19h às 21h, será realizado o último debate com os candidatos da chapa UFMG Plural, com transmissão pelo canal da Coordenadoria de Assuntos Comunitários (CAC) no YouTube.
Por meio da chapa UFMG Plural, única inscrita no processo, os professores Sandra Regina Goulart Almeida e Alessandro Fernandes Moreira concorrem à recondução aos cargos de reitora e vice-reitor.
As perguntas da comunidade podem ser enviadas durante o debate, pelo chat, ou encaminhadas, até 24 horas antes do encontro, para o e-mail da Comissão Eleitoral (comissaoeleitoral2021@ufmg.br).
Os debates são divididos em quatro blocos. No primeiro, o mediador apresenta os candidatos e as regras. No segundo bloco, de no máximo 30 minutos, Sandra Goulart e Alessandro Moreira expõem suas propostas de gestão. No terceiro momento, os candidatos têm até quatro minutos para responder cada uma das perguntas da comunidade. E nos últimos 15 minutos do encontro, o mediador passa a palavra aos integrantes da chapa para considerações finais.
Propostas
No segundo debate oficial, realizado no dia 27 de outubro, os professores Sandra Goulart e Alessandro Moreira destacaram algumas linhas dos três eixos da suas propostas para 2022-2026.
Sobre acessibilidade, ações afirmativas e sustentabilidade, o professor Alessandro Moreira ressaltou a importância do empreendedorismo e inovação como “trilhas” a serem percorridas pelos estudantes.
A consolidação do Programa de Saúde Mental será priorizado por meio do “fortalecimento das práticas e saberes já existentes na Universidade e a criação de ações e projetos de apoio técnico-pedagógico, com destaque para a comunicação, como meio de ampliar o debate sobre o tema com a comunidade”, afirmou.
A professora Sandra Goulart informou que a proposta para a gestão de pessoas visa à “valorização do trabalho dos servidores técnicos-administrativos, por meio de capacitação, criação de um núcleo de resolução de conflitos, além da retomada das 30 horas, conforme possibilidades aprovadas pelo Conselho Universitário”. Para os docentes, a professora defende a “necessária atualização das avaliações para melhor valorização dos diversos perfis em relação aos campos ensino, pesquisa e extensão”.
Na gestão orçamentária, segundo Sandra Goulart, a prioridade recairá sobre a “recomposição orçamentária e suplementar, para que a UFMG chegue a um orçamento financeiro mais adequado. O trabalho será desenvolvido em conjunto com as unidades acadêmicas e administrativas, para a elaboração de um planejamento estratégico para a instituição”.
Outro aspecto destacado pelos candidatos durante o encontro do dia 27 foi a prioridade na celeridade dos processos, informatização e comunicação institucional articulada. Os candidatos também defenderam a retomada do projeto Campus 2020, com as obras da Escola de Belas Artes, da Faculdade de Educação e da Escola de Música e duas obras administrativas.
O primeiro e o segundo debates estão disponíveis no canal da Coordenadoria de Assuntos Comunitários (CAC) na plataforma YouTube.
Fonte: ufmg.br

Página 2 de 1712345678910...Última »
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários