Get Adobe Flash player

SAÚDE

Página 2 de 1112345678910...Última »
Hoje, dia 14/04 comemora-se o Dia do Técnico em Serviço de Saúde, que está presente em todas as áreas da assistência e cujo papel é essencial no funcionamento dos serviços prestados ao cidadão. Seja na Farmácia, na Enfermagem, na Radiologia, nas Análises Clínicas, na Saúde Bucal ou em outras especialidades, o profissional é responsável por procedimentos que integram e aprimoram o cuidado com o paciente.
O Dia Mundial da Saúde é comemorado anualmente no dia 7 de abril. Essa data, criada pela Organização Mundial da Saúde, é um momento para que questões sérias relacionadas à saúde sejam trabalhadas, garantindo a conscientização sobre esse tema e estimulando a criação de políticas voltadas ao bem-estar da população. Além disso, as ações realizadas na data são importantes para que a população aprenda a cuidar-se e informar-se sobre seus direitos quando o assunto é promoção da saúde.
Fonte: https://brasilescola.uol.com.br
Os campi Pampulha e Saúde da UFMG terão, ao longo desta semana, uma unidade de vacinação contra a covid-19. Ontem (29 de março) e hoje (30), as doses serão aplicadas no pilotis (1º andar) do prédio da Escola de Enfermagem. Na quinta (31) e na sexta (1º de abril), o atendimento será feito na Praça de Serviços do campus Pampulha.
A unidade funcionará sempre das 9h às 19h. Os objetivos principais da iniciativa são incentivar a vacinação e dar a integrantes da comunidade da UFMG mais uma oportunidade de acesso à imunização, seja com a primeira dose ou para completar o esquema vacinal.
A organização é da Escola de Enfermagem e da Coordenadoria de Assuntos Comunitários (CAC) da UFMG, em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte. A previsão é de que sejam aplicadas cerca de 200 doses, ao longo dos quatro dias.
Além de aplicar a vacina, as equipes responsáveis pela unidade, formadas por professores e alunos da Escola de Enfermagem, darão informações sobre a imunização e outros temas relacionados à pandemia. Quinze alunos estão divididos em dois turnos e cinco professores estão diretamente envolvidos na iniciativa.
Aqueles que vão receber a primeira dose deverão apresentar documento de identificação com foto e CPF; quem vai completar o esquema vacinal deve levar esses documentos e também o cartão de vacina.
Campanha
A UFMG lançou campanha educativa de incentivo e esclarecimento sobre a vacinação, e a Comissão do Conselho Universitário analisa ações destinadas a garantir a ampla vacinação da comunidade e avalia a viabilidade de adoção do comprovante vacinal.
Os membros da comunidade são estimulados a informar sua situação vacinal no site MonitoraCovidUFMG, que reúne os dados sobre a covid-19 e possibilita o acompanhamento da evolução de casos na Universidade. Informações sobre as ações da UFMG de enfrentamento da pandemia são publicadas no site Coronavírus.
Fonte: ufmg.br
A tuberculose é uma doença infectocontagiosa que afeta principalmente os pulmões, mas também pode acometer órgãos como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro).
A data foi criada em 1982 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em homenagem aos 100 anos do anúncio do descobrimento do bacilo causador da tuberculose, ocorrida em 24 de março de 1882, pelo médico Robert Koch.
Segundo estimativas da OMS, um terço da população mundial está infectada pelo Mycobacterium tuberculosis e em risco de desenvolver a doença. Há cerca de 8,8 milhões de doentes e 1,1 milhões de mortes por ano no mundo.
O Brasil ocupa o 17º lugar entre os 22 países responsáveis por 82% do total de casos de tuberculose no mundo. Embora seja uma doença passível de ser prevenida, tratada e mesmo curada, ainda mata cerca de 4,7 mil pessoas todos os anos no Brasil.
Cada paciente com tuberculose pulmonar que não se trata, pode infectar em média 10 a 15 pessoas por ano. Alguns fatores contribuem para a disseminação da doença, tais como a pobreza e má distribuição de renda, a AIDS, a desnutrição, as más condições sanitárias e a alta densidade populacional.
Sinais e sintomas mais frequentes:
– tosse seca ou com secreção por mais de três semanas, podendo evoluir para tosse com pus ou sangue;
– cansaço excessivo e prostração;
– febre baixa geralmente no período da tarde;
– suor noturno;
– falta de apetite;
– emagrecimento acentuado;
– rouquidão.
Alguns pacientes, entretanto, não exibem nenhum indício da doença, enquanto outros apresentam sintomas aparentemente simples, que não são percebidos durante alguns meses. Pode ser confundida com uma gripe, por exemplo, e evoluir durante 3 a 4 meses sem que a pessoa infectada saiba, ao mesmo tempo em que transmite a doença para outras pessoas. A transmissão da tuberculose é direta, de pessoa a pessoa. O doente expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotículas de saliva que podem ser aspiradas por outro indivíduo.
Prevenção e tratamento:
A vacina BCG é obrigatória para menores de um ano, pois protege as crianças contra as formas mais graves da doença. A melhor forma de prevenir a transmissão da doença é fazer o diagnóstico precoce e iniciar o tratamento adequado o mais rápido possível. Com 15 dias após iniciado o tratamento, a pessoa já não transmite mais a doença. O tratamento deve ser feito por um período mínimo de 6 meses, diariamente e sem nenhuma interrupção. O tratamento só termina quando o médico confirmar a cura total do paciente.
Fonte: https://bvsms.saude.gov.br/


–  O cuidado com a saúde bucal tem que ser diário;
– Escove bem os dentes;
– Faça a limpeza da língua;
– Use fio dental;
– Não compartilhe seus itens de higiene bucal

Página 2 de 1112345678910...Última »
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários