Get Adobe Flash player

SAÚDE

Página 1 de 1512345678910...Última »

SETEMBROAMARELO-TICIANA1-01

.

SOFRIMENTO E SUICÍDIO: a palavra como alternativa ao ato

 .

Ao teorizar sobre a constituição do aparelho psíquico, Freud se interrogou sobre as forças que moviam o humano e, após algumas construções, chegou à hipótese de que somos habitados por duas correntes contrárias que travam uma luta interna; ele as chamou de pulsão de vida e pulsão de morte. Esse conflito subjetivo nos acompanha durante toda nossa existência, manifestando-se de forma silenciosa e “administrável” ou de maneira violenta e fatal, podendo fazer coincidir seu fim com o fim do próprio sujeito. Segundo esse autor, a vida caminha para a morte; mas, ainda que esse seja o destino inexorável de todos e ainda que tenhamos uma parte de morte em nós, a decisão de antecipá-la por meio de um ato constitui um enigma.

.

Nas últimas décadas, o número de suicídios vem aumentando, o que denuncia uma vertente social desse ato, para além dos aspectos subjetivos particulares que o motivam. Cabe perguntar por que uma sociedade que prega o imperativo da felicidade produz uma legião de deprimidos e assiste a tantas mortes provocadas?

.

Atualmente, a sociedade de consumo bombardeia o sujeito com a ideia de que o acesso excessivo e irrestrito aos objetos é a garantia do pleno prazer, desautorizando qualquer modo de sofrer e pregando que é possível viver sem dor. Sem lugar e sem sentido, o sofrimento, que não é acolhido, retorna sobre o indivíduo que não sabe o que fazer com ele.

.

Tomadas por uma angústia e um sofrimento insuportáveis, algumas pessoas vêm no suicídio a única forma de alívio dessa dor. Trata-se, assim, da tentativa de pôr fim ao sofrimento e não de um desejo de morte. Nesta tentativa, normalmente, o sujeito dá sinais de que não está bem; mostra-se deprimido, abatido, procura o isolamento e chega até mesmo a dizer de suas intenções de se matar.

.

Escutar e acolher essas manifestações pode fazer a diferença na vida desta pessoa. A rede familiar,os amigos e os colegas de trabalho, por serem aqueles que estão mais próximos, devem estar atentos e considerar seriamente os sintomas mencionados, procurando dar suporte à pessoa que sofre, mantendo-a enlaçada à vida. Se “cão que ladra não morde”, nesse caso, anunciar o ato pode significar um pedido de ajuda ou uma despedida de quem está realmente disposto a fazê-lo.

.

A oferta da palavra é uma alternativa para tratar as dores do existir. Um espaço onde o sujeito possa falar de suas questões, sem que seja feito qualquer juízo de valor, e tenha, no encontro com o profissional, seu sofrimento reconhecido. O tratamento consiste em colocar a angustia em palavras ao invés de passar ao ato suicida. Um saber sobre si mesmo, novos laços sociais e um outro modo de se posicionar na vida podem ser algumas consequências desse encontro. Não se pretende acabar com esse mal-estar que é estrutural, mas sim possibilitar ao sujeito que opere com ele de forma criativa, na construção de alternativas singulares. É pela via da palavra que o insuportável da angustia pode ser tocado, permitindo àquele que fala estar bem.

.

Ticiana Dias Villela

Psicóloga – Conveniada da Assufemg

(31) 98781-1680

——–

Você pode enviar seu relato sobre o assunto para a gente. Mande um texto de até 1 página para o e-mail comunicacao@assufemg.org.br

#AssufemgViva!

SETEMBROAMARELO-01

.

A quantidade de pessoas que tiram a própria vida vem crescendo ao longo dos anos em todo o Brasil. Números do Ministério da Saúde mostram que são 32 brasileiros mortos por dia, total superior ao de vítimas da Aids e da maioria dos tipos de câncer. Para especialistas, nove em cada 10 casos poderiam ser evitados com encaminhamento correto ao tratamento.

.

Por isso a Assufemg entra no Setembro Amarelo com a campanha #TODOSPELAVIDA.

.

Iniciada pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), com apoio do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), o Setembro Amarelo aborda a tentativa e a concretização do ato de se matar como um problema de saúde pública.

.

Conheça os principais fatores de risco:

Fonte: Jornal A Tribuna

.

Posto CVV para atendimento pessoal em BH

.

Endereço:  Rua Desembargador Barcelos, 1.286 – Nova Suissa
Complemento: Posto em Belo Horizonte
Telefone: 141
31 3334-4111

Site: http://www.cvv.org.br/

 

voce sabia-01Além de alimentar, o repolho é um ótimo remédio caseiro. O legume é fonte de vitamina C e ajuda a cicatrizar úlceras pépticas, ajudando também a prevenir o câncer de cólon e os tumores malignos causados pelo estrogênio. Em dietas ele também é bem eficaz por ser pobre em calorias e rico em fibras, potássio, folato e betacaroteno, um precursor da vitamina A.

.

Pessoas que consomem grande quantidade de repolho têm menor probabilidade de desenvolver câncer de cólon, graças aos bioflavonóides, aos indóis, à genisteína e a outras substâncias químicas presentes no repolho, que inibem o crescimento de tumores e protegem as células dos danos causados pelos radicais livres liberados quando o organismo queima oxigênio.

.

Como algumas dessas substâncias aceleram o metabolismo do estrogênio, as mulheres que consomem grande quantidade de repolho têm menos chance de desenvolver câncer de mama, útero e ovário.

.

O repolho também é indicado nos casos de úlceras, náuseas, nevralgias, erisipela, gota, reumatismo e rouquidão; bem como é ótimo para o sistema digestivo e para o fígado.

.

Nos casos citados e como preventivo, toma-se um copo de suco de repolho pela manhã em jejum.

.

O repolho ajuda na cicatrização de úlceras pépticas, por causa da metionina, um aminoácido encontrado em pequena quantidade nesse vegetal. Basta beber um litro de suco de repolho cru ao dia por no mínimo duas semanas.

.

Quem tem diabetes pode se beneficiar também com o legume. O suco de repolho ajuda a eliminar o excesso de peso, além de reduzir a glicose.

.

O suco de repolho cru pode ser misturado a cenoura ou salsão, para ficar com um sabor mais agradável.

.

Já consultou com seu endocrinologista ou clínico hoje? A Assufemg dispõe, para seu sócio, estas e mais 8 especialidades médicas em seu Posto Médico. Saiba mais em 3439-8116

voce sabia-01O ranger dos dentes durante o sono e o desgaste da articulação da mandíbula são alguns dos sintomas do bruxismo, doença que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), atinge 15% das crianças em todo o mundo.

.

A maioria das pessoas se dá conta que sofre desse mal apenas quando alguém comenta o barulho que fazem enquanto dormem.

.

O estresse e a ansiedade são algumas das causas do bruxismo, que também pode ser associado à falta de atividades físicas, principalmente nas crianças e adolescentes.

.

Faça exercícios! A prática regular de atividade física ajuda a controlar o estresse e as crises de ansiedade que podem favorecer o apertar dos dentes.

.

E para você que sofre desse mal, o recurso mais indicado para o tratamento são as placas interoclusais flexíveis de silicone ou as placas rígidas de acrílico, moldadas segundo o formato da arcada dentária do paciente.

.

Elas ajudam a restringir os movimentos dos músculos mastigatórios e a reduzir o atrito que provoca o desgaste e o abalo dos dentes.

.

(Via Coração e Vida)

CONEXÃO ASSUFEMG-01

.

Depois de amplo esforço e negociações, a Assufemg conseguiu acordar um índice de reajuste ao Plano de Saúde Unimed de 7,5%. O número é um consenso entre as duas partes, sendo que a Unimed ameaçava de cancelar o plano por causa de reivindicação de reajuste de 13,57%.

.

Vale ressaltar que o percentual de 4,86% foi aplicado em junho e a partir de agosto/2017 será cobrado o valor reajustado no total do percentual negociado e, assim, irá ser realizada uma cobrança da diferença de 2,64%, com retroatividade a junho passado em 3 parcelas iguais e sem juros.

.

“Após análise feita pela Diretoria da Assufemg, consideramos, entre outros fatores, a precariedade dos reajustes salariais dos servidores da UFMG”, revelou o presidente da entidade Márcio Flávio dos Reis. Com isso, foi apresentada uma contraproposta de 4,86%, conforme IGP-M acumulado nos últimos 12 meses, que não foi aceita pela Unimed.

.

Em contrapartida, a operadora de plano de saúde, encaminhou uma nova proposta com índice de 11,40%, e posteriormente, reduziu a 8%. “Vale destacar que a diretoria da Unimed não concordou com a aplicação do IGP-M e, como justificativa, apresentou o índice limite aprovado pela Agência Nacional de Saúde (ANS), que é de 13,55% para planos individuais”, finalizou Márcio Flávio.

.

#AssufemgViva!

CONEXÃO ASSUFEMGa-01.

A Assufemg tem uma novidade em seu Setor Odontológico. Agora, o sócio e seus dependentes terão o implante e próteses nos serviços oferecidos pela entidade. Os procedimento já está disponível na tabela e será realizado com 1 ou 2 implantes. O interessado passa primeiro por uma avaliação clínica.

.

Implantes dentários são suportes ou estruturas de metal (normalmente de titânio) posicionadas, através de cirurgia, no osso maxilar (dentes de cima) ou no mandibular (dentes de baixo).

.

O implante ficará no lugar da raiz do dente que foi extraído ou quebrado, e é nele que será instalado o dente artificial. Alguns casos são mais simples, já em outros é necessário “preencher” o osso para dar mais suporte ao implante.  “É importante este primeiro exame inicial. Nós iremos trabalhar com implante unitário, algo menos complexo e que possa ser realizado na própria Assufemg”, explica o odontólogo Daniel Dias de Araújo, especialista em implante, que irá realizar o trabalho. “A cirurgia é simples, com anestesia local e o paciente sai no mesmo dia para a casa”, complementa.

.

istock_000027779163large.

Estes procedimentos serão feitos na sede da Assufemg, no Campus Pampulha, às segundas, quartas e sextas, pela manhã, e terças e quintas à tarde, no MedCenter (Rua dos Otoni, 909 – Santa Efigência, BH).

.

Informações: 3439-8105

.

#AssufemgViva!

voce sabia-01Distúrbios hormonais causam uma série de sintomas bem ruins, e a maioria das pessoas não sabe disso. Quando alguma coisa não vai bem com os hormônios, o corpo emite sinais, como:

.

- Acne

- Menstruação irregular

- Ausência de períodos menstruais

- Unhas quebradiças

- Inchaço no abdome central

- Queda de cabelo

- Alterações de humor

- Excesso de pelos no rosto (lábio superior e queixo)

- Dor na cabeça

- Secura vaginal

- Inchaço

- Fluxo menstrual intenso

- Cisto no ovário

- Dificuldade de engravidar

- Seios inchados

- Doença fibrocística da mama

- Sangramento vaginal

- Insônia

- Problemas da vesícula biliar

- Vontade de chorar sem motivo

- Displasia cervical

- Suores noturnos

- Puberdade precoce ou tardia

- Pensamento lento

- Diminuição da libido

.

Se você suspeita que está com desequilíbrio hormonal, procure um médico.

.

O Posto Médico da Assufemg dispõe de Ginecologia para melhor atendê-la. Informações: 3439-8116
.
#AssufemgViva!
Página 1 de 1512345678910...Última »
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários