Get Adobe Flash player

REDE CREDENCIADA

Página 1 de 1712345678910...Última »

 

 

 

Na última sexta-feira, (21/08), após a realização da 16ª Reunião Extraordinária de Diretoria Colegiada, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou, que está suspensa, por 120 dias, a aplicação de reajustes aos contratos de planos de saúde para todos os tipos de plano: individual/familiar e coletivos – por adesão e empresariais. A suspensão terá início em setembro e será válida para reajustes anuais e por mudança de faixa etária dos planos de assistência médica e exclusivamente odontológica.

A proposta foi aprovada com quatro votos a favor da proposta (Diretorias de Normas e Habilitação dos Produtos, de Normas e Habilitação das Operadoras, de Fiscalização e de Gestão) e uma abstenção (Diretoria de Desenvolvimento Setorial). Haverá avaliação e inclusão de impactos anteriores, bem como, a forma de recomposição dos reajustes para manutenção do equilíbrio dos contratos de planos de saúde.

Reajuste anual de planos individuais/familiares: o percentual máximo de reajuste a ser aplicado nos planos  individuais/familiares é definido e anunciado pela ANS entre os meses de maio e julho. Este ano, não houve divulgação de percentual, portanto, a reguladora não autorizou a aplicação de reajuste para nenhum contrato individual com aniversário a partir de maio de 2020. Pela medida, não haverá anúncio, nem autorização de reajuste para esses planos em 2020. 

Reajuste de planos coletivos com menos de 30 beneficiários (empresariais e por adesão): para definição do reajuste desses contratos, as operadoras devem reunir em um grupo único todos os seus contratos coletivos com menos de 30 beneficiários para aplicação do mesmo percentual de reajuste. O Agrupamento de Contratos tem como objetivo a diluição do risco desses contratos para aplicação do reajuste ao consumidor, conferindo maior equilíbrio no índice calculado em razão do maior número de beneficiários considerados. Pela medida, estão suspensos os reajustes para essas carteiras no período de setembro a dezembro de 2020.

Reajuste de planos coletivos com 30 beneficiários ou mais (empresarias e por adesão): os reajustes das carteiras com 30 ou mais beneficiários são definidos após livre negociação entre a pessoa jurídica contratante e a operadora ou administradora de benefícios contratada. A justificativa do percentual proposto deve ser fundamentada pela operadora e seus cálculos disponibilizados para conferência pela pessoa jurídica contratante. Pela medida, estão suspensos os reajustes para essas carteiras no período de setembro a dezembro de 2020. No caso dos planos com 30 ou mais vidas, a pessoa jurídica contratante poderá optar por não ter o reajuste suspenso, se for do seu interesse, devendo informar a opção à operadora.

 

Fonte: ans.gov.br

 

 

 
É uma grande oportunidade dos sócios, cônjuges ou filhos, concorrerem a bolsas de estudos de até 100% e o melhor: Vestibular gratuito utilizando o cupom promocional: “UniEmp2” ao final da inscrição no nosso site: www.unibh.br/inscreva/vestibular/2020/2
 
Lembrando que todo associado, cônjuge e filhos possuem bolsa de 40% para graduação em qualquer curso, exceto medicina. Aproveite esse benefício!

 

 

 

 

Prezado/a Associado/a,

 

Conforme informamos anteriormente, as mensalidades do Plano de Saúde Unimed serão reajustadas em 6,5% (seis vírgula cinco por cento). Acima publicamos a nova tabela de mensalidades.

Ressaltamos que as mensalidades dos planos Unimax, Unimaster e Convencional  passam a vigorar a partir do dia 1º de junho de 2020 e, para o plano Unipart/Flex, o reajuste será aplicado a partir do dia 1º de novembro de 2020.

Página 1 de 1712345678910...Última »
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários