Get Adobe Flash player

INFORMAÇÃO

 

 

 

Os restaurantes universitários (RUs) e a Fundação Universitária Mendes Pimentel não funcionarão no período de 24 a 26 de fevereiro, feriado de Carnaval e recesso escolar na UFMG.

Ainda com a Universidade em período de férias, os bandejões não funcionam aos sábados. Na quinta e sexta-feira, 27 e 28 de fevereiro, o Setorial 2 servirá almoço e jantar. Os restaurantes dos campi Saúde e Montes Claros abrem no horário do almoço. O Setorial 1 e o bandejão da Faculdade de Direito permanecem fechados até o fim das férias escolares.

A partir de 2 de março, início do semestre letivo na UFMG, todos os restaurantes universitários voltarão a funcionar normalmente.

Capacidade de produção
De acordo com a Fump, responsável pela gestão dos restaurantes universitários, as cinco unidades têm capacidade para produzir cerca de 12 mil refeições diárias. Em um ano, são preparadas mais de 2,6 milhões de refeições, sendo 900 mil para os estudantes assistidos pela UFMG classificados nos níveis socioeconômicos I, II, III, IV-A e IV-B.

 

 

 

A partir de bactérias isoladas de queijos artesanais da região do Norte de Minas, pesquisadores do Instituto de Ciências Agrárias (ICA) da UFMG desenvolveram um leite fermentado com microrganismos vivos benéficos à saúde humana.

Rico nutricionalmente, o probiótico (produto alimentar que contém micro-organismos vivos cuja ingestão gera benefícios para a saúde) oferece benefícios como melhora da imunidade e complemento de vitaminas, além de ter baixo custo.

O produto foi desenvolvido a partir da avaliação em laboratório de 15 amostras de queijos da região. Após as análises, as bactérias apresentaram resultados positivos em todos os testes, apontando que o produto está apto para consumo humano.

A pesquisa foi desenvolvida pela nutricionista Amanda Cristina Mendes Gusmão, como dissertação de seu mestrado em Produção Animal.

O produto foi pauta da edição desta semana do programa Veredas da Ciência: pesquisas e projetos do Norte de Minas, veiculado pela Rádio UFMG Educativa Montes Claros. A produção e a reportagem são de Amanda Lelis.

 

Acesse a edição online clicando no link: http://bit.ly/2HjzG00

 

 

– O concurso de Rei e Rainha será realizado às 19:40;

– O concurso de fantasias (infantil e adulto) será realizado de 21:00 às 21:30;

– Só poderão participar sócios e dependentes (Assufemg e Sindifes).

 

 

 

 

Candidatos que se inscreveram na lista de espera do Sisu 2020 podem conferir o resultado da primeira convocação da UFMG, divulgada nesta terça-feira, 11, na página Sisu UFMG. Também já está disponível a primeira antecipação de entrada, que alcança candidatos aprovados para o segundo período letivo do ano convocados a ocupar vagas no primeiro.

Todos os candidatos selecionados na primeira chamada e na primeira antecipação de entrada deverão efetuar seu registro acadêmico, via internet, a partir desta quarta-feira, 12 de fevereiro, até as 14 horas (horário oficial de Brasília) do dia 17 de fevereiro. Veja as instruções.

Também no dia 17, os aprovados deverão comparecer à UFMG e apresentar toda a documentação para ingressar em curso de graduação e efetivar sua matrícula, conforme escala de atendimento que ainda será divulgada. Os aprovados em alguma modalidade de cotas também deverão passar por bancas de validação e heteroidentificação.

Segundo período
Os candidatos selecionados para o segundo período letivo de 2020 deverão aguardar a divulgação do período do procedimento presencial de apresentação dos documentos do registro acadêmico e matrícula na página do Sisu UFMG. Eles também devem ficar atentos aos procedimentos de antecipação de entrada, que também serão divulgados na mesma página.

 

 

 

A 14ª edição do Verão Arte Contemporânea, festival promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte que começou na semana passada, tem, em sua programação, três produções de grupos da UFMG.

A mostra Territórios populares, concebida pelo grupo Indisciplinar, da Escola de Arquitetura da UFMG, é fruto de atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas por meio do encontro com territórios do hipercentro expandido de Belo Horizonte. Em cartaz até 9 de fevereiro, no Centro Cultural UFMG, a mostra mergulha, usando a fotografia e um jogo conceitual, nos desdobramentos de narrativas sobre processos de disputas territoriais e resistências naquela região da cidade.

Até 2 de fevereiro, ocorre ainda uma série de oficinas, nas quais o público é convidado a realizar autorretratos com câmeras de celular, a desenhar cartografias imaginárias da cidade e a ilustrar as fotos. “Utilizamos a criação artística como ferramenta para gerar coletivamente outras possibilidades de figurações de narrativas em cada território. A comunicação por meio da arte possibilita criar um espaço distinto de sensibilização, pois gera a troca e criação de imaginários entre territórios populares, oficineiros, pesquisadores e público”, afirmam as curadoras Marcela Silviano Brandão Lopes, Natacha Rena e Patrícia Azevedo.

A atividade é gratuita, com classificação livre, e pode ser visitada de segunda a sexta, das 10h às 21h, ou aos sábados e domingos, das 10h às 18h. O Centro Cultural UFMG fica na Avenida Santos Dumont, 174, Centro, Belo Horizonte.

Música
Produzido e apresentado pelo Conservatório UFMG, o Circuito Contemporâneo convida o público a vivenciar o universo da música eletroacústica no dia 6 de fevereiro, às 19h30 e às 20h30. Explorando um sistema de som multicanal, o concerto possibilita uma escuta diferenciada, com imersão no som. Quatro obras serão executadas em sessão de 45 minutos: duas acusmáticas, uma obra mista (com a participação de um instrumentista tocando ao vivo) e outra com vídeo. A atividade, gratuita, será no Conservatório UFMG (Avenida Afonso Pena, 1.534, Centro, Belo Horizonte). Interessados devem retirar os convites (limitados a um por pessoa) a partir das 17h no dia do evento.

No dia 7 de fevereiro, às 20h, o Conservatório UFMG recebe o Trivial Trio para uma apresentação de música instrumental brasileira. O grupo reúne Augusto Cordeiro (violão), Paulo Fróis (bateria) e Pedro Gomes (baixo). O show terá duração de uma hora, e os ingressos custam R$ 30 e R$ 15 (meia). Augusto e Pedro são estudantes da Escola de Música da UFMG, e Paulo Fróis é bacharel em Música também pela UFMG.

O trabalho do Trivial é inspirado nas principais referências da MPB e da música instrumental brasileira. O show promove um diálogo com diversos universos musicais, como o samba, a bossa nova, o baião, a música latina e o jazz.

O Verão Arte Contemporânea reunirá, até 11 de fevereiro, artistas locais e nacionais em 27 atividades distribuídas em 16 espaços culturais de Belo Horizonte.

Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários