Get Adobe Flash player

Arquivo do Autor

 

Atenção associados!
No dia 31 de maio às 16h acontecerá o sorteio de um kit de cosméticos para cabelos da Bio Extratus na Drogaria Assufemg.

Na oportunidade, será sorteado um jogo de panelas Panelux Classic com 5 peças, aos associados que realizaram compras no período de 01 a 30 de maio.

Participe!

 

 

O consumo e a exposição indireta ao tabaco são a segunda causa de mortalidade no mundo, atrás apenas da hipertensão. O número de fumantes é significativo e crescente, especialmente nos países em desenvolvimento. Pesquisa do doutorado em Demografia desenvolvida na Faculdade de Ciências Econômicas (Face) reconstrói a história do tabagismo no Brasil e avalia em que medida as mudanças na prevalência desse hábito afetarão a mortalidade até 2030.

Em sua tese, o pesquisador Cristiano Sathler dos Reis reconstrói a história do tabagismo brasileiro de 1948 a 2008, por idade, período e coorte de nascimento. Segundo o pesquisador, a prevalência do tabagismo entre os homens sempre foi superior à feminina, independentemente da idade, período e coorte. Além disso, o nível educacional desempenha papel importante como preditor do consumo do tabaco. Em geral, a prevalência do tabagismo é menor entre indivíduos mais escolarizados. De 1980 a 2015, o país registrou mais de 6,5 milhões de mortes decorrentes do consumo do tabaco, sendo 4,7 milhões de homens e 1,8 milhão de mulheres. A diferença no número de óbitos por sexo, segundo Reis, deve-se ao fato de a iniciação das mulheres no tabagismo ter ocorrido cerca de 15 anos após a dos homens. “Percebemos que as diferenças sociais, econômicas e culturais influenciaram no atraso de iniciação das mulheres, que atingiram o pico de 35% somente na década de 80. Metade dos homens, na década de 50, já fumava, alcançando o pico de 66,3% no início dos anos 70”, compara.

Outros fatores que confirmam a iniciação tardia das mulheres são a tendência de queda na taxa de mortalidade atribuída ao tabagismo entre os homens e o aumento de óbitos entre as mulheres, de 1980 a 2015. Em 1984, para cada 100 mil habitantes, foram registrados 669,6 óbitos de homens e 80 de mulheres. Em 2015, a mortalidade entre os homens caiu para 353,3, enquanto entre as mulheres subiu para 255,2 a cada 100 mil habitantes.

 

 

Vem aí mais uma edição da Feira Agroecológica da UFMG!

 

São 46 produtores, de várias categorias, comida de verdade, cultivada sem agrotóxicos e feita de forma artesanal! Cosméticos e medicina natural. Mudas preparadas para plantio.

 

Na quinta-feira, 23/05, de 09 às 17 horas, na praça de serviços do campus Pampulha – UFMG.

 

Amanhã começam as Eleições para Diretoria Executiva do triênio 2019/2022 da Assufemg. Compareça aos locais de votação!

21/05 – Hospital das Clínicas à partir das 7h às 20h30 e na sede da Assufemg das 9h às 17h ;

22/05 – Campus Pampulha à partir das 9h às 17h.

Seu voto é muito importante!

 

 

Inaugura na próxima terça-feira, 21 de maio, às 17h30, no saguão da Reitoria da UFMG, a exposição coletiva Polímatas, um circuito de mostras que ocuparão, além da Reitoria, espaços na Escola de Belas Artes (EBA), na Faculdade de Letras (FALE) e na Faculdade de Ciências Econômicas (FACE). Ao todo, 46 artistas exibirão obras que exploram as interseções entre diferentes mídias, linguagens e disciplinas, contribuindo para uma compreensão da arte a partir de sua interseção com diversas áreas do conhecimento. A realização é uma parceria entre a Diretoria de Ação Cultural da UFMG e o II Colóquio Internacional Escrita, Som, Imagem. Informações pelo telefone (31) 3409-5511.

 

Sobre o II Colóquio Internacional Escrita, Som, Imagem

 

Polímatas é uma exposição vinculada ao II Colóquio Escrita, Som, Imagem, promovido pelo Grupo Intermídia da Faculdade de Letras, Escola de Belas Artes, Escola de Música e Departamento de Comunicação Social da UFMG. O colóquio acontece entre os dias 21 e 25 de maio na UFMG, reunindo cerca de 400 pesquisadores e artistas interessados em questões de natureza inter e transdisciplinar, com trabalhos que investigam não apenas as relações entre palavras, imagens e sons, mas os cruzamentos entre diferentes disciplinas e áreas do conhecimento.

 

Convênio com a Pousada Trem de Minas, em Itaoca – ES. 15% de desconto para associado, confira!

 

No dia 11 de maio, aconteceram as finais do Campeonato de Futebol de Campo do XXXIV Rosas de Abril 2019, que contou com a participação de 8 equipes, de diversos setores da universidade.
Fechando a competição, que teve um grande equilíbrio entre as quatro equipes finalistas e com um ótimo público presente, tivemos a disputa do 3º lugar entre as equipes Áreas Verdes x Borússia FUMP, vencida pelo placar de 3×2 em favor da equipe da Áreas Verdes.
Como já se esperava, o principal jogo foi eletrizante e tenso ao mesmo tempo, entre as equipes Assufemg x Amigos FC (TBI). A ótima equipe da Assufemg, que mescla a juventude com vários jogadores habilidosos não foi capaz de vencer a força, garra e determinação da equipe campeão do Rosas 2019, AMIGOS FC (TBI), que venceu a grande final pelo placar de 2×1 e sagrou-se Bicampeão.
Logo após a partida houve uma grande confraternização de encerramento da competição e entrega dos prêmios.
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários