Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

 

 

Visando alertar as pessoas sobre um tipo de golpe muito utilizado por criminosos, resolvemos relatar uma situação vivenciada, recentemente, pelos diretores da Assufemg, quando um dos diretores teve seu celular clonado e os criminosos, enviaram mensagens, via WhatsApp, para seus contatos pedindo dinheiro, alegando uma necessidade urgente e prometendo o reembolso no dia seguinte. Essas foram a introdução de algumas das conversas.:
“Oi, fulana! Consegue me fazer um favor? Pode efetuar um pagamento para mim? Amanhã cedinho te retorno o valor.”
“Oi, fulano! Está podendo falar? Consegue fazer um pagamento para mim? Pagar de que jeito? É boleto? Não é PIX. Amanhã pago a você amigo”
“Olá, fulana! Você pode me fazer um favor? Estou com um probleminha e preciso pagar uma conta. Quebra essa pra mim.”
Sabíamos que nosso colega não agiria dessa forma e ficamos desconfiados. O fato foi compartilhado entre os diretores e quase todos haviam recebido mensagens similares. A primeira providência foi tentar falar com nosso colega por meio de ligação telefônica, mas não conseguimos. Então, entramos em contato com seu filho que nos informou sobre a clonagem do celular. Assim, felizmente, ninguém efetuou transferência.
Casos como este são cada vez mais comuns. Portanto, se você receber alguma mensagem suspeita pedindo depósitos em dinheiro, desconfie mesmo que seja de uma pessoa próxima. Ligue para a pessoa que solicitou e confirme se o pedido é realmente dela. Nunca realize nenhuma operação bancária, a pedido, sem antes conversar pessoalmente ou por chamada telefônica.
Como se proteger do golpe? Veja algumas dicas de especialistas:
 Redobre sua atenção com contatos que solicitam depósitos, dados de cartão, ou outra ação que possa resultar em dano financeiro. Não forneça senhas, dados ou códigos para ninguém
 Desconfie de ligações que solicitam a confirmação de um número recebido por SMS.
 Desconfie de mensagens que peçam para clicar em link para obter vantagem.
 Somente preencha formulários que estejam nos sites oficiais.
 Somente baixe aplicativos das lojas oficiais.
 Não confie e nem compartilhe links e informações sem ter certeza de sua origem ou destino.
 Evite utilizar redes públicas de internet, pois a interceptação dos dados contam com menos segurança.
 Ative a autenticação de dois fatores nas configurações da conta do WhatsApp.
 Atualize sempre o antivírus de seu smartphone e computador.
O que fazer caso seja uma vítima?
 Notifique a família e os amigos sobre a fraude, pois os golpistas, com certeza, irão utilizar sua lista de contatos para enviar mensagens.
 Entre em contato com a operadora de telefonia para relatar o problema e solicitar a suspensão temporária (bloqueio) da linha telefônica.
 Entre em contato, por e-mail, support@whatsapp.com e solicite a desativação temporária de sua conta, colocando no campo assunto o seguinte: “Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta”. E no corpo do texto informe o número de seu telefone, no formato internacional, +55 9 xxx xxx xxxx.
 Quando reativar a linha, reinstale o aplicativo do WhatsApp e configure a sua conta.

Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários