Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

 

 

 

O professor Marco Aurélio Crocco Afonso, da Faculdade de Ciências Econômicas (Face), é o novo presidente do Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-Tec). Até então integrante do Conselho de Administração, Crocco assume o desafio de impulsionar conexões para o desenvolvimento de novos negócios, contribuindo para manter Belo Horizonte e Minas Gerais como referências do ecossistema de empreendedorismo e inovação.

A presidência do Conselho de Administração passa a ser exercida pelo professor Ado Jorio, do Departamento de Física da UFMG, um dos mais importantes pesquisadores na área de nanotecnologia.

“O trabalho conjunto com professores, pesquisadores e com toda a comunidade acadêmica da UFMG é a base de atuação para a promoção do desenvolvimento institucional do Parque e para potencializar os resultados de iniciativas e projetos da Universidade”, enfatiza o novo presidente. Ele agradeceu à reitora da UFMG, Sandra Regina Goulart Almeida, pela confiança, e ao professor Roberto Bigonha, que deixa o cargo, pela sua gestão e condução transparente do processo de transição.

Em 2018, as empresas residentes no BH-Tec faturaram R$ 170,3 milhões. No mesmo ano, elas lançaram 109 novos produtos e serviços e implementaram 44 processos. Também lançaram três spinoffs e depositaram seis pedidos de patentes – quatro delas foram concedidas.

Trajetória
Marco Crocco é economista formado pela UFMG, mestre em Economia Industrial e da Tecnologia pela UFRJ e doutor em Economia pela Universidade de Londres. Professor titular do Departamento de Ciências Econômicas da Face e pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Crocco é especialista em economia monetária e desenvolvimento regional. Ele presidiu o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), a Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), sob cuja gestão foi estruturada a Fundep Participações (Fundepar).

Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários