Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

.

Prezado(a) Associado (a),

.

Destacamos o trabalho desenvolvido pela Assufemg na área de assistência à saúde, em especial ao contrato coletivo por adesão firmado com a Unimed, que requer uma luta constante para manter o preço das mensalidades em patamares compatíveis com a realidade salarial dos servidores/as da UFMG.

.

No processo do corrente ano, a Unimed reivindicou um índice de 6,30% (seis vírgula trinta por cento) para reajustar as mensalidades dos planos Unimax, Unimaster e Convencional, considerando o índice de utilização geral dos contratos, rol de procedimentos da ANS, entre outros pontos. Por outro lado, a diretoria da Assufemg analisou a proposta inicial considerando entre outros fatores: a precariedade dos reajustes salariais dos servidores da UFMG e o IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado), acumulado nos últimos 12 meses, que perfaz um total de 1,89% (um vírgula oitenta e nove por cento).

.

Diante do exposto, apresentamos uma contraproposta de 2,5% (dois vírgula cinco por cento), que foi acatada pela Unimed. No processo negocial, também ficou acordado que o mesmo índice (2,5%) será aplicado na modalidade Unipart/Flex a partir do dia 1º de novembro de 2018, data de aniversário do respectivo contrato.

.

Ressaltamos que a Agência Nacional de Saúde Suplemen¬tar – ANS, através Resolução nº 06/1998 do CONSU, define parâmetros para aumentar as mensalidades dos planos de saúde, como por exemplo: reajuste anual das mensalidades (conforme explicitado acima) e aumento no valor da mensalidade em função da mudança de faixa etária. Assim sendo, a Assufemg estará processando uma adequação de faixa etária, no mês junho/2018. Na prática, estamos corrigindo distorções provocadas pelo avanço natural da idade, que não foram acompanhadas pelo respectivo valor da mensalidade, provocando uma incompatibilidade.

.

Atenciosamente,

MÁRCIO FLÁVIO DOS REIS
PRESIDENTE/ASSUFEMG

Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários