Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

.

Nesta quarta, 29, a palco da Praça de Serviços no Campus Pampulha da UFMG vai tremer com a apresentação da Cia Motumbá. O evento começa Às 12h30 e faz parte do Quarta Doze e Trinta da UFMG, em parceria com o II Festival Iranti de Cultura e Arte Negra da Assufemg.

.

O espetáculo Lembrança de um Corpo Ancestral representa a transição entre o passado e o presente, evidenciando toda a ancestralidade e memória advinda da diáspora dos dois continentes. Como esta ancestralidade perpassa o cotidiano, e de como é transmitida pelo corpo, concebendo a dança, o canto, o batuque e todas formas de saberes da vida em comunhão com a natureza e seus segredos sagrados.

.

As danças são inspiradas nos laços identitários entre África-Brasil, trazendo a diversidade das culturas, bem como a ecologia do sagrado, a força da natureza e seus elementos, além dos movimentos e corporeidade brasileira, senegalenses, moçambiquenhos e toques bantos.

.

Ficha Técnica

.

Direção Geral e Artística: Lu Silva
Direção Musical: Jackson Luiz Pereira, Juninho Toriba e Rômulo Dinn
Assistente de Produção: Keila Freitas e Talita Caroline Botelho
Coreografias e Pesquisa: Cia Motumbá
Dramaturgia: Nono Rasec
Cenário, Figurino e Adereços: Lu Silva, Talita Caroline Botelho, Rosy Ferreira, Bárbara Martins e Felipe Souza
Maquiadora: Érika Mariana
Textos: Texto Lu Silva -Ancestralidade ( Autoria: Mestra Lena), Textos de Nono Rasec (Autoria – Texto 1: Luís de Camões, Texto 2: Carlos Nejar e Texto 3: Nono Rasec)
Percussionistas: Felipe Souza, Igor Tomaz, Jackon Luiz Pereira, Juninho Toriba e Rômulo Dinn
Dançarinas e Dançarinos– Adriely Silva, Bárbara Martins, Carolina Ribeiro, Cristian Souza, Keila Freitas, Lu Silva, Nono Rasec e Talita Caroline Botelho.

Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários