Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

Celton Oliveira
Terra%E7o%20Astron%F4mico%20-%20Celton%20Oliveira.jpg

A partir desta quinta-feira, 9, o terraço astronômico, localizado no quinto andar do Espaço do Conhecimento UFMG, será reaberto para visitação do público.

A temporada de observação com telescópio começa com a visualização do planeta Júpiter.

Devido à necessidade de pouca nebulosidade durante as atividades, o ambiente é aberto apenas no período seco do ano. Caso as condições meteorológicas do dia impeçam as observações, o terraço poderá não ser aberto.

O acesso, gratuito, é permitido mediante a retirada de senha individual na recepção do museu. Nos dias de observação, 120 senhas são distribuídas por ordem de chegada, a partir das 17h30.

Um planeta gasoso
Por seu tamanho e sua capacidade de refletir a luz do Sol, o quinto planeta do sistema solar pode ser também visualizado com facilidade a olho nu. Com constituição gasosa, majoritariamente de hidrogênio e hélio, Júpiter é o maior planeta do Sistema Solar, tanto em diâmetro, quanto em massa.

De acordo com o planetarista Marcelo Cruz, do Espaço do Conhecimento UFMG, com a utilização do telescópio do museu, alguns detalhes curiosos de Júpiter poderão ser notados pelo público: “vamos conseguir observar as faixas de nuvens na atmosfera do planeta e suas quatro luas perfiladas: Calisto, Io, Europa e Ganimedes”. Além da observação com o telescópio, os visitantes do Terraço Astronômico receberão informações sobre outros corpos celestes visíveis na noite de observação, sendo instigados a pensar sobre as possibilidades de leitura do céu.

O Espaço do Conhecimento UFMG estimula a construção de um olhar crítico acerca da produção de saberes através da utilização de recursos museais. Sua programação diversificada inclui exposições, cursos, oficinas e debates.

Integrante do Circuito Cultural Praça da Liberdade, o Espaço do Conhecimento é fruto da parceria entre a operadora TIM, a UFMG e o Governo de Minas. O Espaço conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), da Rede de Museus e Espaços de Ciências e Cultura da UFMG e da Diretoria de Ação Cultural (DAC) da UFMG. Mais informações podem ser obtidas no site do Espaço.

(Com assessoria do Espaço do Conhecimento UFMG)-Fonte:UFMG-7/4/15

Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários