Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

 

Mariana Jungmann – Repórter da Agência Brasil Edição: Aécio Amado

O projeto de lei que prevê aposentadoria especial para os funcionários públicos portadores de necessidades especiais foi aprovado na noite desta quarta-feira (17) pelo Senado. De acordo com o projeto, eles poderão se aposentar mais cedo e não precisarão cumprir os 35 anos de contribuição para homens e 30 anos para mulheres, conforme previsto para os demais servidores.

Pelo projeto de lei, o tempo de contribuição das pessoas beneficiadas vai depender da gravidade da deficiência e pode variar de 25 anos para homens e 20 para mulheres e até 33 anos para homens e 28 para mulheres. A aposentadoria especial já existe no Regime Geral da Previdência Social.

O projeto também estabelece isonomia para os servidores públicos que são regidos por lei diferente. Ele tramitou por oito anos no Senado e agora vai para Câmara. Se sofrer alteração, retorna ao Senado.Fonte:Agência Brasil-17/12/14

Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários