Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

Belo Horizonte, 11 de agosto de 2014.

 Na edição do boletim Pinga Fogo – nº 1.190 pág. 4, publicamos uma nota de alerta, referente aos riscos de tentativas de golpes aplicados aos associados, em grande maioria aposentados. Infelizmente nos últimos dias, os números de denúncias cresceram. De acordo com os relatos dos associados que têm nos procurado, falsários se identificando como advogados da entidade, em muitos casos como “Dr. Francisco Aguiar” entram em contato com os sócios, informando sobre uma ação judicial que foi ganha na justiça. Os golpistas assediam os aposentados informando que para receberem os precatórios devem efetuar depósitos bancários de custas processuais.

A Assufemg orienta aos associados que redobrem a atenção e de forma alguma repassem informações a essas pessoas, pois trata -se de tentativa de golpe.

Todos os procedimentos judiciais para recebimento de dinheiro de ações judiciais são acompanhados pelo escritório de advocacia da entidade devidamente contratada.

Portanto é importante ficarem cautelosos e caso ocorra uma situação como esta o associado deve registrar a ocorrência na delegacia de polícia mais próxima e comunicar os fatos à entidade, através dos números:DDD (31) 3439-8124 ou 3439-8110.

Ressaltamos ainda, que a Assufemg não solicita e não autoriza ninguém em seu nome a pedir pagamentos ou depósitos de custas por telefone ou outros meios que não seja pessoalmente, em atendimento na entidade ou diretamente no escritório da nossa Assessoria Jurídica.

Diante de tantas arbitrariedades, a Diretoria da Assufemg tem trabalhado incansavelmente na busca pela solução destes problemas, inclusive noticiando junto à imprensa local, essas falcatruas, como forma de tornar público e mais abrangente este conhecimento.

Contamos com a colaboração de todos (as) que possam de alguma forma ajudar  neste equacionamento.

Fiquem em alerta!

Atenciosamente,

Márcio Flávio dos Reis

Presidente da Assufemg

Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários