Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

 

O Conselho Universitário da UFMG aprovou nesta quarta-feira, dia 14, por 38 votos a 17, a manifestação do interesse em negociar com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) a oficialização de contrato de gerenciamento do Hospital das Clínicas.

De acordo com o reitor Clélio Campolina, as condições serão discutidas posteriormente com a direção da empresa, em Brasília. “A Ebserh está sendo constituída agora, e o governo federal ainda vai decidir quando a empresa vai, de fato, começar a operar. Vamos fazer tudo de forma transparente: a situação funcional dos servidores, a gestão do hospital, o financiamento e a garantia de nossa autonomia, enquanto unidade de ensino, pesquisa e extensão”, afirmou o reitor. O próximo passo é formalizar o interesse da universidade junto à Ebserh e abrir as negociações em torno dos diversos aspectos que envolvem a elaboração do contrato.

O reitor destaca que a organização que gerenciará o Hospital, uma empresa pública de direito privado, garantirá estabilidade aos servidores, e a única diferença é que eles serão enquadrados no regime celetista, ou seja, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). “A empresa resolverá o problema da precariedade dos 1.100 servidores do hospital, que hoje são contratados via Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep)”, informou Campolina.

A admissão de novos funcionários será feita por concurso público, mas os atuais servidores continuarão exercendo suas funções no HC. “Essa é uma posição que defendemos o tempo inteiro”, ressalta Clélio Campolina. Em relação aos 1.700 servidores concursados, o reitor explica que a situação deles merecerá uma discussão à parte: como são servidores públicos estáveis, será preciso definir se permanecerão no hospital ou irão para outras áreas da universidade.Fonte:UFMG-14/03/12

Clique aqui para saber mais sobre a Ebserh.-

Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários