Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

Por: Ana Rogéria do Couto

O Ensino pode ser considerado como uma forma de transmissão de informação e conhecimento com a finalidade de instruir e educar e pode ser intencional, nas instituições formais e, não intencional ou informal no processo contínuo de socialização. Quando englobamos a aprendizagem estamos então falando de educação. O processo que inclui ensinar e aprender podemos caracterizar como educativo. Desse modo, se há ensino e aprendizagem há aquisição de conhecimento, crescimento intelectual e desenvolvimento de competências que são alguns dos principais objetivos da educação.

Com o uso das tecnologias existentes em nosso tempo é cada vez maior a quantidade de informação que circula nos diversos meios de comunicação principalmente na internet que, utilizada como ferramenta educacional, pode tornar o processo ensino-aprendizagem bastante ágil e interativo. É o que ocorre hoje no chamado Ensino à Distância. Todavia, apenas a tecnologia não é capaz de garantir o sucesso daqueles que iniciam um curso nesta modalidade. O processo de aprendizagem depende de vários fatores, entre eles a automotivação e empenho do aluno, a fim de que o conteúdo seja transformado de mera informação em conhecimento adquirido.

O aluno automotivado tem disciplina e autonomia para estudar os conteúdos apresentados de forma efetiva e ainda buscar informações extras para a sua formação profissional, independente de ser um curso presencial ou à distância. Por outro lado, o aluno desmotivado não alcançará bons resultados mesmo no processo de educação presencial. O fato de estar presente em uma sala de aula convencional não significa que o aluno esteja aprendendo realmente, adquirindo conhecimento sobre o tema proposto pelo professor.

Diversos profissionais e instituições já apontam o ensino à distância como forma efetiva de adquirir novos conhecimentos ou aprimorar os já adquiridos, principalmente durante e após a formação superior. A combinação de aulas presenciais e à distância também são indicadas como forma de aprendizagem nos cursos tradicionais. A geração pós-internet já utiliza e-mail, “bate-papo”, sites de relacionamento, para se comunicar. Essas inovações também são ferramentas para a troca de ideias e informação, elementos eficientes na aquisição de conhecimento.

http://meuartigo.brasilescola.com/educacao/educacao-ensino-distancia.htm


Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários