Get Adobe Flash player
Página 1 de 11

Em nenhuma época da historia humana foi tão importante como hoje dispor de uma boa memória. Infelizmente, o pensamento do autor do livro bíblico de Eclesiastes (2:16), “passados alguns dias, tudo cai no esquecimento”, ainda tem muito valor. Porque a memória não é simplesmente uma acumulação de conhecimento e de experiências, mas, na realidade, um sistema que se compõe de codificação, armazenagem, conservação e recuperação, que permite um aprendizado adequado. Em termos psicológicos, entende-se o armazenamento sensorial como uma reação que têm os nossos sentidos frente ao evento do qual se deseja obter informações. Isto se deve ao mecanismo bem complexo de substâncias químicas que permitem que vejamos, ouçamos, sintamos, olhemos e degustemos. O armazenamento sensorial oferece o tempo suficiente para reagirmos perante a algum estímulo. Nossa memória de curto prazo armazena uma limitada quantidade de informações durante um breve período. É necessário que a nossa memória de longo prazo, cujo sistema de informação é mais duradouro, entre em funcionamento. Nem toda as informações que os nossos sentidos recebem são devidamente guardadas na memória. Normalmente, ela faz uma escolha seletiva e armazena só o que é mais significativo para o individuo. Isto ocorre através de transmissão adequada das aferências neuronais do cérebro e de um maior aporte sanguíneo ao sistema nervoso central, o qual oferece maior oxigenação. Com a idade, algumas alterações neurológicas, estados de estresse ou alimentação deficiente podem produzir que as vias aferentes e deferentes dos neurônios não trabalhem adequadamente ou se reduza o aporte sanguíneo ao cérebro.

CAUSAS:

Existem uma infinidade de situações que podem alterar nosso processo de memória ou aprendizagem. Com maior freqüência essas causas são enfermidades neurológicas, estresse, desnutrição, tensão emocional e senectude.

COMO MELHORAR A MEMÓRIA:

· A leitura continua sendo o meio mais eficiente de desenvolver a memória, pois é a única atividade que estimula todas as formas ao mesmo tempo. Jogos de cartas, palavras cruzadas, etc.., são caminhos para não deixar que a memória enfraqueça, ao mesmo tempo em que proporciona relaxamento e prazer. Com a mesma finalidade, existem alguns exercícios através de imagens visuais e evocações relacionadas.
· Caso exista dificuldade para recordar, verificar se existe estresse, desnutrição ou tensão emocional e tomar as providências respectivas. Se não existirem esses fatores, será conveniente visitar o médico. · Podem ser usados medicamentos de origem natural, cujos componentes assegurem melhor a transmissão neurológica e a irrigação sanguínea.

CONSULTAR O MÉDICO SE:

A falta de memória se deve à perda de consciência.
A realidade não coincidir com a informação sensorial.
Existir perda de memória imediatamente depois de trauma ou agressões físicas,
A perda de memória evolui com rapidez.

Deixe um comentário

Página 1 de 11
Notícias por categoria
Notícias anteriores
Comentários